Seleção Brasileira de Astronomia participa de live neste sábado (12)

Equipe falará sobre o “novo normal” nas competições e a expectativa com a primeira edição da Global e-Competition on Astronomy and Astrophysics (GeCAA)

 

Mesmo na quarentena e longe do ambiente escolar, milhares de estudantes em todo o território nacional encaram o desafio de se preparar para a prova da maior olimpíada científica do país, a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Para ajudar nesse trajeto, a OBA promove, sempre aos sábados, às 17h, lives em seu canal no Youtube com o seu coordenador nacional, o Dr. João Canalle, professor de Física e Astronomia do Instituto de Física da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e uma das maiores referências no mundo na difusão das ciências espaciais.

 

Na live do dia 12 de setembro, o coordenador da OBA irá conversar com a equipe que vai representar o Brasil na competição individual da Global e-Competition on Astronomy and Astrophysics (GeCAA). O país será representado por 10 estudantes, são eles: Lucas Shoji, Fabrízio Melges Ferro, Tiago Mariotto Lucio, Bruno Makoto Tanabe Lima, Giulia Nóbrega da Costa, Ian Seo Takose, Miguel Diniz Santos e Luís Otávio Trotti Martins Guedes de Souza, de São Paulo; Luiz Henrique Fonteles da Silveira, do Ceará; e João Pedro Chamhum Basílio, de Minas Gerais. Devido à pandemia do novo coronavírus, a GeCAA será disputada de forma remota.

 

Realizada em fase única e voltada para todos os estudantes dos ensinos fundamental e médio, em 2020 a OBA também irá ocorrer virtualmente. Com 22 edições disputadas desde 1998, a olimpíada já superou a marca dos 10 milhões de participantes e distribui anualmente cerca de 50 mil medalhas. A edição de 2019 teve a participação recorde de 884.979 estudantes de 9.965 escolas de todos os estados do Brasil e do Distrito Federal, além de duas do Japão.

 

Para assistir à live, basta acessar www.youtube.com/obaoficial