Pressão estética: índice de cirurgias plásticas aumenta em meio à pandemia de coronavírus

O especialista Dr. Regis Ramos comenta sobre o atual momento do mercado.

Apesar do novo coronavírus ter causado o fechamento de quase todos os negócios em todo o mundo, várias clínicas de cirurgia plástica e estética relataram que as demandas de seus serviços aumentaram. Todas que voltaram a abrir, adotam medidas mais rigorosas como testes de Covid-19 e limpeza com mais frequência nos ambientes.

Dr. Regis Ramos, Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, conta que ficou 2 meses sem realizar qualquer tipo de procedimento ou cirurgia plástica estética por orientações das autoridades. “Começamos com uma grande procura nos meses seguintes quando já estava permitido realizar consultas on-line e após presencial. Tivemos um aumento em torno de 30% em relação ao ano passado no mês de julho. Acredito que está procura se deve ao tempo que as pessoas tiveram para se observar durante o confinamento na pandemia”, comenta.

O especialista comenta que teve uma maior procura por paciente de São Paulo seguido por Rio e Brasília. “Acredito que São Paulo ter tido uma procura maior se deve ao fato de ser uma cidade que não para e as pacientes queriam ganhar tempo, aproveitando para fazer o repouso adequado pós cirúrgico”.

O médico revela que as cirurgias mais procuradas são: rinoplastia e lifting facial seguida por lipoaspiração. A pressão estética mesmo durante uma pandemia não diminuiu, principalmente as mulheres, que são submetidas a um padrão de beleza, mesmo que hoje seja dentro de uma tela de telefone ou computador. Tudo isso gera em torno de uma perspectiva que existe um estereótipo de ser humano mais bonito para ser alcançado.

SOBRE DR. REGIS RAMOS:

Dr. Regis Ramos é Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Natural de Uberlândia-MG, desembarcou no Rio de Janeiro em 1998 para cursar medicina e realizar seu sonho de ser cirurgião plástico, após fazer sua residência na capital por 6 anos.

Consagrado pelas cirurgias realizadas em grandes nomes no meio artístico como: Giovanna Antonelli, Carol Nakamura, Sophia Abrahão, Nego do Borel, Arlete Salles.

Hoje, Dr. Regis atende e opera no Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, com o seu currículo extenso e respeitado no meio médico por suas técnicas inovadoras, apresentadas em congressos nacionais e internacionais.