Dra. Manuela Bafini fala sobre o procedimento queridinho o Foxy Eyes, também conhecido como olhos de raposa

Foxy Eyes tem ganhado popularidade entre as celebridades, mas poucas pessoas conseguem esse formato de olhos apenas com uma boa genética.

O procedimento consiste na elevação acentuada da cauda da sobrancelha, causando um formato alongado e amendoado. Em termos técnicos, provoca-se uma angulação oblíqua do canto lateral dos olhos de maneira que fiquem mais altos que o canto medial e, para alcançar esse visual, são usados alguns procedimentos, principalmente os fios de sustentação.

Na harmonização facial, os fios de sustentação PDO (ou fios de polidioxanona), reposicionam os tecidos, suspendendo-os e trazendo o que conhecemos como efeito lifting, ou lifting de sobrancelhas. Esses fios são compostos de ácido polilático, um polímero completamente reabsorvível, compatível com os tecidos humanos, biodegradável e resistente. Ou seja, eles são absorvidos, não provocam reação alérgica, não são rejeitados pelo organismo e são resistentes a grandes tensões. Os fios permanecem intactos por até dois anos e após esse período são absorvidos pelo organismo. A aplicação de “fios” de ácido polilático na face propõe um efeito lifting natural imediato e restauração progressiva do colágeno perdido.

A colocação dos fios é minimamente invasiva. Eles são inseridos através de micro orifícios puntiformes de entrada e saída das agulhas, sob anestesia local. Os orifícios na pele se fecham imediatamente, sem deixar vestígios. O sangramento é inexpressivo, reduzindo o risco de hematoma (manchas roxas) e de edema (inchaço). Em pacientes com fragilidade capilar poderão ocorrer discretos edemas ou hematomas, que desaparecem na primeira semana pós-implantação. Alojados na camada de gordura, os fios são imperceptíveis ao toque e invisíveis a olho nu, não causam elevações ou depressões na superfície da face e não denunciam quem fez o procedimento.

Vantagens dos fios de sustentação de PDO

  1. a) Produzem lifting não cirúrgico natural; b) Estimulam a produção de colágeno facial; c) O procedimento é simples e rápido, sob uso de anestesia local; d) O retorno ao trabalho pode ser imediato.

Quais os cuidados pós-procedimento?

O paciente pode retomar suas atividades normais logo após o procedimento, que dura em torno de 30 a 50 minutos. Entretanto é recomendável que, no período inicial pós-operatório, a atividade muscular facial seja reduzida, evitando massagear ou dormir sobre o local das aplicações. Atividade física pode ser realizada evitando trauma local ou impacto.

Para alguns tipos de órbita ocular, será necessário a associação de outros procedimentos para se obter um resultado mais harmonioso, como Botox e preenchimento de têmporas. Também há casos em que o resultado esperado só se consegue através de blefaroplastia não cirúrgica (procedimento que reduz a pele enrugada e descaída das pálpebras superiores e/ou inferiores). Esse procedimento tem inúmeros adeptos como a @ma.pantaleao.

Conheça mais:

Manuela Bafini | Patrícia Nakandari | MB Clínica

Imprensa concedida por: Roberta Nuñez – RN Assessoria Imprensa