Com oferta de cursos e oficinas gratuitas, Caravana da Juventude Negra inicia inscrições para a segunda etapa

Entre os cursos disponíveis, estão maquiagem, culinária, fotografia, dança de rua, formação de DJ’s e de Youtuber’s

A 3ª edição da Caravana da Juventude Negra completou sua primeira semana com um saldo positivo. Oferecendo vagas em cursos gratuitos e totalmente online, o projeto alcançou, nos primeiros 7 dias de transmissões das aulas, mais de 2 mil inscritos no canal no Youtube e ultrapassou as 10 mil visualizações nas transmissões das 9 aulas voltadas ao mercado cultural e do entretenimento.

Tradicionalmente a Caravana percorre cinco regiões diferentes de Brasília (DF) proporcionando as aulas de maneira presencial em uma estrutura móvel. Com a pandemia do novo coronavírus, houve a necessidade de adaptar as aulas para os meios digitais. Segundo Vagner Castilho, presidente do Instituo Blaise Pascal e idealizador da Caravana da Juventude Negra, “são números que refletem o sucesso do projeto em suas edições físicas”.

O projeto agora entra na segunda fase, oferecendo oportunidades para quem vislumbra uma carreira artística ou que deseja ingressar em uma profissão atrelada ao mercado da arte. Os cursos oferecidos contemplam aulas de maquiagem, culinária, fotografia, dança de rua, formação de DJ’s, oficina para Youtuber, informática, modelo de passarela e culinária. A 3ª edição da Caravana da Juventude Negra tem o apoio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal

Projetos Audiovisuais

Complementando a oferta de cursos e oficinas, a Caravana da Juventude Negra disponibilizará espaços para a transmissão de 40 liveshows de bandas e artistas independentes, oferecendo toda a estrutura técnica para captura e transmissão no canal oficial do projeto no Youtube. Após a apresentação, uma votação será realizada para escolher os 10 melhores produtos audiovisuais que serão premiados com a produção e gravação de videoclipes.

Espaço para o empreendedor

Buscando dar mais visibilidade ao empreendedor local, o projeto oferece a produção e disponibilização de material visual para a divulgação de marcas, produtos, serviços e mão de obra em diferentes regiões de Brasília. Todas as marcas e profissionais serão expostos em uma plataforma interativa no site do projeto, facilitando a busca da população. Wagner Castilho ressalta que esse espaço “permite a visibilidade do empreendedor, ressaltando a importância e qualidade da sua força de trabalho”.