A King Of Traders League será o primeiro campeonato de trading realizado no Brasil para descobrir profissionais talentosos, brilhantes e eficientes para mercado de capitais

Quem são os melhores traders do Brasil? Qual a porcentagem de lucros um trader de alta performance consegue atingir mensalmente? Em vídeos de divulgação no Youtube e em redes sociais nos parece que todos traders são bons negociadores e que todos eles performam excelentes resultados, mas sabemos que é quase impossível vermos um trader divulgando uma nota de corretagem perdedora em suas redes sociais. Eles têm o hábito de exaltar as proezas e os momentos de glória, fazem barulho na internet a respeito do sucesso de operações. Gostam de chamar atenção do público com a ostentação das fotos, carros de luxo, mulheres bonitas e mesas fartas com pratos de chefes famosos, mas afinal de contas tudo isso é verdade? De fato, é complicado ver quem é um excelente trader de mercado financeiro. Hoje não sabemos quem é bom ou ruim, mas em breve com a realização da King Of Traders League no Brasil isso será possível. Todos operadores estão aguardando o lançamento da versão 2.0 do King Of Trader com a inclusão da ferramenta própria para campeonatos. Agora poderemos provar todos os anos quais são os melhores traders brasileiros e saberemos quem de fato terá consistência e os melhores resultados no mercado.

 

A Boom Invest S/A sempre sonhou em trazer esse tipo de informação de forma pública ao mercado brasileiro. A transparência é fundamental para amadurecimento do mercado de capitais brasileiro, onde milhões de indivíduos acreditam em lucros fáceis e exorbitantes em um mercado altamente competitivo, e não é à toa que todos os anos inúmeras pirâmides financeiras arrecadam milhões de reais de brasileiros que acreditam em negócios que prometem pagar lucros absurdos de 20%  ao dia em suas operações de day-trading.

 

Um campeonato ou torneio de trader certamente é uma das maneiras de revelar bons profissionais do mercado financeiro e saber a capacidade de lucros gerados pelos melhores operadores. Um exemplo disso é o WCTC (World Cup Trading Championships) que nos trouxe grandes nomes no mercado financeiro internacional e conseguiu destacar os mais brilhantes negociadores dos mercados de futuros, moedas e ações. Esses operadores se tornaram notórios após se classificarem como finalistas na WCTC. A Boom Invest S/A trabalhou por cerca de cinco anos para trazer para os brasileiros o King Of Trader 2.0 que é sua ferramenta de gestão de traders de sua mesa de operações. Essa ferramenta possibilitará disciplinar o trader, ver o seu crescimento de performance com o uso de diversos recursos da plataforma. O King Of trader 2.0 facilitará a criação da primeira liga de traders no Brasil, para assim descobrirmos de fato quem são os melhores operadores do mercado nacional ao colocá-los agora frente a frente na arena do King Of Trader 2.0.

 

Segundo a empresa, o King Of Trader 2.0, será disponibilizado para todo mercado em setembro, e assim saberemos quem é de fato um trader de sucesso. A empresa, desde o início do seu negócio, propõe a educação de qualidade como referência para a formação do trader, visto que acredita que profissionais só se tornam bons operando com boas ferramentas e sem conhecimento adequado, nunca serão vencedores no mercado. A plataforma será apresentada globalmente e o cadastro será aberto para pessoas de todos os países. A empresa tem como objetivo principal colocar os operadores brasileiros em “combate frente a frente” contra operadores de diversos países semelhantemente à classificação da Corrida de São Sivestre. Os vencedores serão premiados com estatueta de campeão, prêmios financeiros e conta patrocinada pela Proprietary Trading para operar o capital da empresa. Os brasileiros com as melhores colocações serão premiados, mesmo se não vencerem o torneio, pois objetivo principal do campeonato é descobrir os melhores talentos do Brasil.

 

Para os empreendedores da Boom Invest S/A, trazer ao mercado campeonatos e competições que exigem o máximo da habilidade do trader, competência, responsabilidade e uso adequado de ferramentas com tecnologia altamente avançada como King Of Trader 2.0, revelará verdadeiros talentos, pois essa ferramenta irá monitorar dados, comportamento e performance dos traders. Indubitavelmente, levará todos eles à evolução máxima do potencial e, no final, todos estarão preparados para a guerra entre touros e ursos. O desejo da empresa é vê-los operando de forma responsável o seu próprio capital ao final disso tudo, evitando assim perdas bruscas e desistência prematura ao longo do caminho. Todos ganham quando existem pessoas e instituições que se dedicam com seriedade, eficiência tecnológica e comprometimento com um mercado maduro. Milhares de alunos aprenderam operar bolsa de valores na Boom Invest S/A e também operar outros diversos segmentos de mercados, e a empresa reforça que todos no mercado ganham com esse tipo de iniciativa, visto que são os traders que geram volume financeiro na bolsa e nas corretoras.

 

Existem muitos cursos e propagandas sobre o assunto, mas é evidente que viver de day-trading no Brasil se tornou quase uma utopia. Por outro lado, em amplitude global, isso é uma realidade, pois existem inúmeras pessoas vivendo exclusivamente do day-trading. A Boom Invest S/A sempre compreendeu que não é o curso que forma um trader, mas seu tempo de tela alinhado à tecnologia de ponta. Por outro lado, sem tutores experientes, a maioria das pessoas irão perder todo seu dinheiro no mercado. A pedido da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), economistas mostram que menos de 1% dos traders brasileiros conseguem lucros em suas operações e que a prática constante não leva à perfeição. Como pode uma profissão onde a prática constante na tentativa de evolução torna a pessoa pior? E ao invés de ser tornar um ganhador se torna um grande perdedor? Quanto mais a pessoa se dedica e aprimora mais esforços em sua estratégia de trabalho não a leva à perfeição?  Em busca de respostas para todas essas perguntas é que a empresa chegou à conclusão que o mercado precisava do King Of Trader 2.0. A ideia é corrigir os erros, aumentar os lucros das operações vencedoras, respeitando a estratégia de operação de cada um dos usuários da plataforma, visto que a maioria dos traders, quando perdem, perdem muito; porém, quando ganham, realizam pequenos lucros.

 

De acordo com pesquisa realizada por Fernando Chague (EESP-FGV) e Bruno Giovannetti (EESP-FGV), “o número de pessoas que tem tentado usar o day-trading como principal atividade profissional vem aumentando. No entanto, até o momento, não há nenhuma informação pública disponível sobre o retorno dessa atividade para as pessoas físicas que entram nesse mercado. O objetivo desse artigo é prover essas informações. Para isso, usamos um banco de dados disponibilizado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que contém a atividade completa durante os anos de 2012 a 2017 de todos os day-traders que são pessoas físicas. O foco do artigo são os contratos de mini índice e mini dólar. Esses são os ativos onde se concentra a atividade de day-trading de pessoas físicas. Apresentamos fortes evidências de que não faz sentido, ao menos econômico, tentar viver de day-trading. Por exemplo, 19.696 pessoas começaram a fazer day-trade em mini índice entre 2013 e 2015; dessas, 18.138 (92,1%) desistiram, umas mais cedo, outras mais tarde; das 1.558 pessoas que persistiram por mais de 300 pregões, tentando de fato viver de day-trading, 91% tiveram prejuízo e apenas 13 pessoas obtiveram lucro médio diário acima de R$ 300,00. Os dados também mostram que o desempenho do day-trader não melhora à medida que ele persiste na atividade (na realidade, piora). Essa última evidência é crucial e vai de encontro à ideia, em geral propagada por especialistas das corretoras, de que day-traders melhorariam com a experiência e que, portanto, deveriam persistir.”

 

Com o King Of Traders League que a Boom Invest S/A está criando, usando a sua ferramenta King Of Trader 2.0 certamente a empresa irá profissionalizar o mercado de traders do Brasil. Segundo a empresa, a ideia é mostrar que talvez formar traders apenas com cursos seja perda de tempo. Desde a versão 1.0 do King Of  Trader a empresa tem mostrado que é o tempo de tela aliado a boas ferramentas que se forma um trader de sucesso. A carga horária de um curso, seja ele presencial ou online, pode até ensinar alguma coisa, mas não capacita para gerenciar emoções, não molda a mente para conseguir competir com a inteligência artificial, tampouco ensinará o trader a exercer o controle de riscos. O King Of Trader 2.0 é a revolução que o mercado brasileiro necessitava. Nos próximos dias, a empresa irá informar o regulamento da liga, valores das premiações e liberará o link de inscrição ( https://arena-king.com/ ). Nós vamos saber pela primeira vez, com um ranking confiável, quem são os melhores traders do Brasil, não haverá dúvidas, pois os relatórios estarão disponíveis todos os dias para o mercado apreciar.