Aumento de Mama Híbrido: Gordura e silicone Juntos para melhores resultados

A nova técnica “Híbrida” tem como objetivo aumentar as mamas combinadas com implantes de silicone pequenos e enxerto de gordura sobre os mesmos para alcançar os resultados desejados.

Tudo começa com a retirada do excesso de gordura localizada em locais indesejados (abdome, face interna das coxas, culotes). A gordura é então preparada pelo mais moderno método, chamado “Puregraft”, para finalmente ser enxertada ao redor do tecido mamário para aumento do volume total das mamas. 

Segundo o cirurgião plástico Dr. Fernando Bianco (RJ)  membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) , “As pacientes retornam às atividades normais em uma semana. Exercícios físicos podem ser retomados ao redor de um mês, afirma o médico”.

Os enxertos feitos pela técnica híbrida são posicionados ao redor do tecido mamário, no subcutâneo. Assim, os enxertos de gordura não interferirão com futuros exames de mama. Mesmo com volumes maiores de enxerto, a segurança dessa técnica é mantida. Apesar de o resultado imediato ser muito bom, somente após o 3° mês é que as mamas atingirão sua forma definitiva.