Saiba como controlar a retenção de líquidos e eliminar o peso extra com as dicas de Italo Costa

Todos nós passamos por dias que nos sentirmos “inchados” e isto é por causa da retenção de líquidos. Percebendo ou não, seja naquele dia normal em que fomos a um rodízio japonês e exageramos no shoyo, ou até na churrascaria pelo excesso de consumo de carnes salgadas, que trazem maior ingestão de sódio e acabam contribuindo para a retenção, este é um processo que acontece continuamente.

O campeão de fisiculturismo e atleta WBFF Italo Costa ganhou 8kg em apenas três dias, durante viagem após o campeonato WBFF Londres e revela que este foi o resultado da retenção hídrica como consequência de mudanças na alimentação: “nesta minha viagem a Londres aproveitei para exagerar. Já que não ia competir, por 3 dias comi açúcar, pães e exagerei nas quantidades de comida. Ganhei 8kg em 3 dias, a maioria devido a retenção hídrica. Para corrigir o problema nos 4 dias seguintes a dieta foi de baixo carboidrato e jejum intermitente, dia sim dia não, alinhados com treino, cardio e muita água. O resultado foi a eliminação da retenção e em apenas 4 dias a eliminação dos 8kg que havia ganhado”.

Choque metabólico ajuda a reduzir a retenção de líquidos

Italo Costa conta que além de ser algo natural, a retenção de líquidos pode ser atenuada com choques metabólicos durante a dieta, mas sem exageros: “É preciso ter cuidado com os exageros, mesmo sabendo que o choque metabólico no organismo pode ser muito benéfico, o exagero de quase sempre causa retenção hídrica no organismo, causando diferenças na balança e no visual muito bruscas, que ocorrem principalmente nas mulheres. Quando caminhamos em um padrão de dieta, seja lá qual for, uma saída do rigor alimentar ocasional, uma refeição livre e não um dia inteiro de exageros, acaba sendo de certa forma benéfico ao organismo, principalmente quem esta passando por uma dieta restritiva. O choque metabólico é grande e portanto mais benéfico, inclusive no que tange ao assunto da retenção”.

Reprodução / MF Press Global

Segundo o Dr. Hugo Yamashiro, que acompanha o atleta, o corpo se adapta a determinada dieta e ingestão calórica. Logo não apenas para reduzir a retenção hídrica mas também ajudar na perda de peso é recomendado o choque metabólico, para que o corpo continue com o metabolismo em alta: “o que acontece é que o organismo, como uma máquina perfeita, tende a se adaptar e baixa o consumo de calorias se você se encontra em deficit por um determinado período. Por isso é importante o choque metabólico, que nada mais é do que o aumento das calorias para que seu organismo não vicie. Isso faz com que a queima de gordura seja muito mais acentuada no próximo dia, e isso para quem visa perda de peso é algo fundamental”.

Combatendo a retenção hídrica

Uma das soluções, segundo Italo, é mais simples do que muitos imaginam: “a principal maneira de combater a retenção hídrica é tomar mais água. Curiosamente o corpo retém mais líquidos quando percebe que não estamos hidratados o suficiente. Por isso, precisamos ingerir no mínimo 2 litros de água por dia, sendo recomendável chegar até 4,5 no dia a dia para quem quer um físico mais definido. Mas não se engane, já que refrigerantes e bebidas alcoólicas agem de forma inversa, então foco na água e na água de coco. Ao estarmos hidratados promovemos a diurese natural. Como consequência de uma maior hidratação também acontece de irmos mais vezes ao banheiro. Lembre-se vc esta mais ativo seu metabolismo mais rápido e seu organismo mais limpo”.

Antes e depois

Italo aproveitou o período em Londres para treinar junto com o Muscle Model e campeão mundial Wolé Adesemoye e mostrou o antes e depois da retenção hídrica: “foi um período incrível de estarmos lá e fazermos um treino juntos. É impressionante como em um intervalo de apenas 1 semana até as feições do meu rosto mudaram com a retenção hídrica. No primeiro dia de treino fiz um video e ao final do período fotos que mostram o resultado quando os 8kg a mais de líquidos se foram ”.