Entrevista com o cantor e compositor Léo Dayó

Léo Dayó é cantor e compositor de música pop e sertaneja, com mais de 18 anos de carreira. Apaixonado pelo romântico, o que o inspirou a compor várias canções. Confira na íntegra a entrevista com o cantor.

Como foi a descoberta do som na sua vida? Descobri a música através do meu pai que sempre foi um grande admirador da música sertaneja.

Qual o primeiro instrumento começou a tocar? Comecei a tocar violão instrumento esse ganhado pelo meu pai aos 11 anos de idade aproximadamente.

Quando criança pensava em ser músico? Na verdade quando criança queria ser jogador de futebol e jogar pelo meu time do coração, o Santos Futebol Clube mais logo cedo o destino me levou até a música algo que venho almejando desde então.

Quais foram suas maiores referências no início da sua carreira? Minha maior referência musical foi Renato Russo, ele me levou a conhecer e admirar outros cantores e bandas como: Cazuza, Cássia Eller, Titãs, entre outros.

O que você gosta de ouvir? Bom, sou muito eclético em minha playlist tenho uma variedade enorme de músicas indo do rock internacional ao samba (risos).

De onde vem suas inspirações para compor suas canções? Bom todas as minhas músicas são baseadas em experiências que vivi, ou de pessoas próximas e algumas de livros que leio. Sempre procuro passar ao público uma verdade interna ao compor uma canção, dando assim uma proximidade maior com meu público e mostrando também a forma que vejo as coisas e algumas opiniões sobre alguns assuntos.

Qual estilo musical você segue? Bom sendo eclético como citei acima procuro sempre seguir aquilo que me inspira mais, porém tive muita dificuldade em escolher um gênero a seguir por esse motivo. O pop é o que mais me faz completo sendo um estilo de amplas vertentes.

Você é natural de qual cidade? Sou Natural de Guarulhos-SP.

Sonha em morar em outra cidade? Gosto muito daqui e por enquanto não tenho nenhuma vontade de sair, não sei como será daqui pra frente.

Você acha que falta mais incentivo para a cultura? Acho que falta muito para chegar a algo adequado a tudo, não só a cultura, porém não posso ser egoísta em relação a isso, gostaria sim que houvesse mais incentivos a cultura, porém, também  gostaria que houvesse mais incentivos a educação, saúde, etc.

Quanto tempo tem de carreira profissional? Bom tenho banda desde os meus 12, 13 anos mais profissionalmente e ganhando dinheiro creio que mais ou menos uns 10 anos.

Já sofreu algum tipo de preconceito por ser músico? Várias vezes eu me deparei com pessoa que perguntavam o que eu fazia pra sobreviver, e ao revelar que era músico e as pessoas perguntavam “mas é a sua profissão”? Entre outras situações que não convém comentar.

Há quanto tempo você compõe? Componho desde os 15 anos de idade

Sua música “Identidade” ao qual gravou um clipe em parceria com a Pepê e Neném, como surgiu essa parceria? Minha parceria com a dupla surgiu através de um amigo que conhecia a dupla e me apresentou. Conversarmos e fechamos a parceria e compus a música, gostei muito do resultado e sou grato pela participação delas.

Quandro pretende lançar outra música? Já tenho várias outras canções compostas em processo de produção e pretendo fechar outra grande parceria, porém ainda está em negociações, creio que em breve haverá novidades aguardem.

Como é composto seu show? Bom meus shows geralmente são compostos por ótimos músicos, que compõe a minha banda e muita dedicação, tento ser o mais próximo possível dos admiradores criando um vínculo positivo e um ambiente favorável a ambos.

Tem algum sonho ainda não realizado? Um dos meus maiores sonhos seria carreira Internacional, pois venho trabalhando em um repertório em inglês contendo músicas inéditas compostas por mim que ainda estão em fase de aprimoramento, deixando-as pré produzidas para uma possível oportunidade internacional e fora isso dar o melhor aos meus familiares e a todos que me ajudaram até aqui.

Tem alguma recordação saudosa de alguma época da sua carreira? A maior recordação que tenho foi um show que fiz para duas mil pessoas em um parque, bem no início da minha trajetória nesse momento eu decidi o que faria da minha vida. Ser reconhecido pelo seu trabalho e por algo que você criou é uma satisfação inenarrável.

O que tira você do sério? Má vontade, mentiras e pessoas interesseiras.

O que você acha de artistas que se deslumbram com a fama? Acho que eles deveriam lembrar-se de onde vieram, e que o fato de estarem em alta, não significa que são melhores que ninguém e que a fama é passageira e devemos aproveitar o máximo a oportunidade que nos foi dadas ajudando o próximo e lembrando de quem apoiou você.

Quem é o maior cantor do Brasil pra você? Admiro muitos nomes da música como Ivete Sangalo e Anitta, mais sou um profundo admirador da Marília Mendonça a quem fiz uma canção e gostaria de ter o prazer de gravar essa canção está pronta há um ano aguardando a oportunidade de poder mostrar a ela.

Qual mensagem você deixa para quem quer seguir a carreira musical? Bom, para seguir a carreira musical primeiro você precisa ter talento e se dedicar, segundo acreditar no que você faz seja cantar ou tocar e terceiro você não pode desistir em hipótese algum do seu sonho, sei que parece uma frase clichê mais é a mais pura verdade. Haverá momentos em que você não terá força pra seguir, ou nenhum motivo pra acreditar mais acredite em mim, vai dar certo.

Siga seu perfil no Instagram: @leodayooficial