Estresse e ansiedade no mundo moderno: Como prevenir os impactos na saúde mental?

Não dá para negar que estamos vivendo em um mundo cada dia mais acelerado, com avanços da tecnologia e as necessidades do mercado de trabalho moderno. São muitas as vantagens adquiridas a partir da demanda nova, mas temos como resultado profissionais cada dia mais estafados, nervosos, deprimidos, ansiosos e estressados.

A Psiquiatria, a Psicologia  e outras áreas da saúde passaram a estudar com mais afinco e descobrir ainda mais sobre os comportamentos da mente humana. Novas doenças começaram a ser diagnosticadas com frequência nos consultórios, como é o caso da Síndrome do Pânico, a Depressão e também a Síndrome de Burnout, que é uma doença relacionada ao ambiente de trabalho. Trata-se de um distúrbio psíquico de caráter depressivo, precedido de esgotamento físico e mental intenso, definido por Herbert J. reudenberger como “(…) um estado de esgotamento físico e mental cuja causa está intimamente ligada à vida profissional”.

Com tantas doenças cada dia mais em foco e recorrentes, os médicos e especialistas estão com os radares em alerta para diagnosticar e tratar pacientes que sofrem das doenças da alma.

Com diversas especializações e mais de dez anos de experiência, o Dr. Vicente Gomes é uma das maiores referências em Psiquiatria e Hipnose Médica no Brasil e através de seus Programas e Treinamentos Avançados, já ajudou centenas de pessoas no tratamento de doenças como Depressão, Transtornos de Ansiedade, Crises de Estresse, Dependência Química e em outros problemas de saúde, de modo que elas pudessem viver na sua total plenitude e alcançarem seus sonhos e objetivos.

Especialidades – Dr. Vicente Gomes é Médico Psiquiatra, fez Residência Médica em Psiquiatria, é Especialista em Psiquiatria e Psicogeriatria pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), Hipnoterapeuta, Empreendedor, Palestrante, Criador do Método Condicionamento Mental Direcionado (CMD) e do Programa EstrategicaMENTE e Atual Presidente da Associação Psiquiátrica do Piauí. Possui Pós-Graduação em Hipnose Médica, Pós-Graduação em Neurologia, Pós-Graduação em Neurofisiologia Clínica e Pós-Graduação em Geriatria.

Segundo o médico, a prevenção para essas doenças é o melhor remédio. “É necessário uma abordagem terapêutica para os pacientes que já estão passando por um episódio depressivo ou transtorno de ansiedade. Nos casos mais avançados necessitamos lançar mão de um tratamento farmacológico, que quando associado a um processo psicoterapeutico, temos uma resposta mais rápida e mais eficaz. Porém, o ideal é atuarmos a nível de prevenção, com hábitos saudáveis e técnicas simples que podemos fazer quando e onde quisermos. Não há nada mais seguro e saudável do que  prevenir as doenças, sejam elas físicas ou mentais. Todas as pessoas precisam dessa conscientização,” explica o Especialista. 

O setembro amarelo, mês da  prevenção ao suicídio, já passou, mas  devemos manter essa consciência de ouvir e ajudar  sempre.  Entender os outros e saber como ajudar no momento da dor, pode salvar muita gente.

“Nós criamos um método exclusivo, a partir de anos de atuação no consultório, que é o Condicionamento Mental Direcionado (CMD) , que envolve técnicas como  hipnoterapia médica, meditação, psicologia positiva e programação neurolinguística, de forma direcionada e assertiva para que a pessoa consiga reagir ao estresse e controlar naturalmente a ansiedade e outras emoções que possam estar  impedindo-a de ter uma vida plena e feliz”.

Em seu site (http://drvicentegomes.com.br/) e em suas redes sociais, o médico dá outras dicas importantes sobre como prevenir o adoecimento mental. “Fique sempre atento a qualquer mudança de comportamento que acontece com um familiar ou amigo, que anda mais calado, prefere se isolar, evita sair para confraternizações ou eventos festivos,  se irrita com facilidade, reclama de  dores  ou outros sintomas físicos  com frequência,  está com aparência de cansado ou de quem  não está dormindo bem. Tudo isso pode ser sinais de alerta  para  doenças que comprometem a mente ”, finaliza.