Facilitador de Access brasileiro é destaque em cursos no Japão

Especialista explica sobre terapias que podem transformar as pessoas interna e externamente

Sandro Donizete, que está na 17º posição do ranking mundial entre os maiores facilitadores de Access Counsciosness, desembarca no Japão em novembro desse ano para ministrar 4 cursos: Barras de Access, Facelift Energético, O Fundamento e Conversando com Entidades.

Assim, de 22 a 28 de novembro, os interessados poderão aprender mais sobre esses universos, aprimorando ou reciclando conhecimentos.

Você já parou para pensar que ao aceitar as ideias dos outros, você sem querer também absorve a realidade dessas pessoas? E, com isso, impede a conexão com as suas próprias escolhas e o seu inconsciente?

Aliás, um  dos pontos de vistas mais fortes que temos é o julgamento do que é certo, errado, bom ou ruim, então, essa polaridade tem limitado o acesso à consciência de pessoas por todo o planeta. 

É nesse cenário que entram práticas e tratamentos e energéticos, como a Barras de Access: de uma forma simples de explicar, consiste em acessar pensamentos, sentimentos e emoções ligados às crenças que limitam as pessoas de serem quem realmente são, os dissolvendo por meio de 32 toques suaves na cabeça. A duração varia, em média, de uma hora a 90 minutos.

Para Sandro Donizete, ela “apaga” o que não serve mais dentro da cabeça.

“Imagina a sua vida repleta de muros a sua volta e estes muros bem altos são formados por tijolos. E cada tijolo é um julgamento, uma crença limitante, uma crítica, uma dor, trauma e drama, pontos de vistas sobre o que é certo ou errado, bem ou mal, com tudo sobre o que você aprendeu  nesta vida com familiares, amigos e sociedade. Assim, esses muros impedem  você de ver além de você mesmo e do horizonte, onde muitas vezes eles ficam tão altos que mesmo com dezenas de pessoas a sua volta você sente solidão. É aí que a Barra de Access entra”, explica.

Com isso, os horizontes se abrem e as pessoas passam a ter foco para o que verdadeiramente importa, como criatividade, comunicação, tranquilidade e paz interna. 

O rosto como espelho da alma

Mais uma vez os pontos de vistas da nossa versão “Maria vai com as outras” se refletem, mas dessa vez no rosto. Afinal, quem é que não consegue entender ao outro apenas pela sua feição?

“Nosso corpo é coberto por camadas de julgamentos, sobre envelhecimento, doenças e genética. Por isso, ao receber uma sessão de Facelift, estas camadas são dissolvidas, resultando em uma pele mais viva e saudável”, pontua Donizete.

A técnica é realizada apenas com o toque das mãos na face e pescoço, ativando mais de 30 energias e sem a utilização de bisturis, agulhas ou cremes. Cada sessão dura de 60 a 90 minutos.

Engana-se quem acha que o método é apenas estético: os efeitos também são sentidos por dentro.

“A ciência diz que as células ficam elípticas por excesso de sentimentos e emoções, por isso, após receber uma sessão de Facelift elas voltam ao estado normal oval, onde a energia passa a fluir por todo o corpo. Baseado nisso, ela não é apenas para beleza, mas para a saúde do corpo todo”, ensina.

Ambas são ferramentas do Access Counsciosness®, criadas há mais de 25 anos pelo Gary Douglas e Dr. Dain Heer nos Estados Unidos, e que hoje são aplicadas em 174 países.

Sandro Donizete acredita que esse mérito venha de colocar em prática com ele mesmo aquilo que ele ensina nas classes ou oferece aos clientes.

“Todos os seres humanos precisam aprender as ferramentas do Access Counsciosness, e digo isso não apenas para os que desejam ser profissionais, mas para usarem em suas vidas. Quem é que não quer facilitar sua comunicação, sua energia, seus relacionamentos, sua criatividade e seus negócios?”.

” Nosso corpo é coberto por camadas de julgamentos”.

5 dicas para ter uma vida mais feliz

Donizete separou alguns pontos para que as pessoas coloquem como metas diárias e consigam dar um pontapé inicial em busca de uma vida melhor. Confira!

  • Não julgar a si e a ninguém;
  • Fazer escolhas a cada 10 segundos; 
  • Saber receber; 
  • Viver no interessante ponto de vista; 
  • Viver sem drogas que fazem perder a consciência (remédios receitados por médicos estão liberados!).

Serviço:

Sandro Donizete – Empoderando Pessoas

www.empoderandopessoas.com.br