Paraíso natural em Minas Gerais: conheça Lapinha da Serra, por Walef Marques

Reserva com riquezas naturais e únicas, Lapinha da Serra têm se mostrado um dos destinos mais atrativos de Minas Gerais. Seja para passar o final de semana, ou para a tão sonhada lua de mel, o destino oferece opções para os mais diferentes gostos e necessidades, reunindo em um só lugar ambientes de tranquilidade e que favorecem a busca pela paz interior, como também possibilita aos mais agitados alternativas para programas mais animados e radicais. Estima-se que cerca de 300 habitantes vivam no local, tirando seu sustento a partir de atividades voltadas para a agricultura, turismo e subsistência.

LOCALIZAÇÃO E COMO CHEGAR LÁ

O povoado está localizado entre trilhas, morros e montanhas do distrito de Santana do Riacho, um município brasileiro do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Lapinha da Serra dista aproximadamente 143 km de Belo Horizonte e 12 km de Santana do Riacho.

O local, região da Serra do Cipó, faz parte do circuito da Estrada Real e o acesso ao mesmo se dá sem cobrança de pedágios, contando com um pequeno trecho em estrada de terra. O acesso é realizado pela MG-10 e partindo de Belo Horizonte a duração da viagem é de aproximadamente 3 horas.

O QUE VOCÊ PROCURA?

Não importa se o que você procura é mais calmo ou agitado, Lapinha da Serra compõe um ambiente capaz de agradar todos os públicos, com refúgios que farão da sua viagem algo inesquecível. A reserva possui áreas de camping, pousadas, chalés e casas com características peculiares.

As atividades incluem programações ao ar livre que vão desde trilhas e passeios a cavalo, até práticas de mountain bike, quadriciclo e canoagem, aumentando o contato com a natureza e proporcionando momentos marcantes. Para aqueles que ainda gostam de aproveitar as viagens para agregar conhecimentos relacionados à história e cultura, o local possui sítios arqueológicos com pinturas rupestres de acesso liberado.

Além de ser cercada por lindas cachoeiras e oferecer a possibilidade de prática de atividades radicais, o turismo gastronômico nesta região se destaca.

LOCAIS PARA VISITAÇÃO

Entre os locais mais procurados para visitação, destacam-se:

  • Cachoeira do Lajeado;
  • Represa do Lapinha, construída pela a Companhia Industrial de Belo Horizonte na década de 50; e
  • Circuito Águas do Boqueirão, composto pelas cachoeiras Paraíso, Rapel, Poço da Pedra, entre outros.

Apesar do trecho longo para conclusão do circuito, chegar ao fim do caminho é gratificante e faz com que todo o esforço e dedicação tenham valido a pena. Além de todas essas possibilidades, são tradicionais as festas religiosas, o que atraí para o local um grande público todos os anos.

HOSPEDAGEM

Em Lapinha da Serra é possível encontrar cerca de 6 hotéis prontos para receber o mais distinto público, com suas respectivas especialidades. O fotógrafo e digital influencer Walef Marques conta da sua experiência no local, ao se hospedar no Sítio Jatobá: “estive na região e posso dizer com propriedade que se você busca atender critérios como localização, limpeza, atendimento e custo benefício aliados, o Sítio Jatobá é uma excelente opção”.

O Sítio Jatobá reforça a relação da pousada com a natureza, em que é possível contemplar a natureza desde passeios mais elaborados até o simples ato de descansar na varanda de frente para a serra, deitado em uma rede.

O sítio está localizado no centro de Lapinha da Serra, e é composto pela Casa dos Ipês, Casa Pau Brasil e Casa Flamboyant, sendo cada uma delas capaz de receber até 6 pessoas por estadia. O local oferece ainda um delicioso café da manhã ou a possibilidade de o próprio hóspede preparar sua comida.

Um deck está posicionado à beira do rio, para que os usuários tenham acesso às atividades aquáticas de acordo com seus gostos particulares. Para aqueles que ainda têm dificuldade de se desligarem um pouco, apesar de não existir ainda no local redes de telefônia com disponibilidade de internet, a pousada oferta acesso ao wifi. “Minha viagem foi realmente com o intuito de descansar e me desligar do mundo, mas confesso que, como digital influencer, saber que existia ali um sinal de wifi me confortou”, ressalta o fotógrafo.

INFORMAÇÕES ÚTEIS

Algumas dicas importantes devem ser consideradas para um melhor aproveitamento desta encantadora viagem:

  • Em determinados locais, uma taxa de visitação poderá ser cobrada.
  • O pagamento deve ser realizado apenas no dinheiro, cartões não são aceitos.
  • O clima é bastante variável, não sendo dispensável o agasalho.

Serra da Lapinha é um destino que oferece ao viajante a possibilidade de passear sem gastar muito ou gastando muito pouco, lembrando que realizar o passeio acompanhado de um guia devidamente certificado e autorizado poderá intensificar ainda mais as experiências vividas.