Ricardo Rocha destaca importância do BJJ Nacional: “É sempre bom estar ativo”

Faixa-azul busca mais um ouro após conquista do Pan No Gi

Um dos mais promissores atletas do cenário na divisão dos leves, Ricardo Rocha tem se aventurado nos tatames enquanto aguarda pela próxima oportunidade de voltar ao cage. Faixa-azul de Jiu-Jitsu, o lutador vai em busca do ouro do BJJ Nacional, evento organizado pela CBJJE e que acontece no próximo dia 27 de abril na cidade de São Paulo. Questionado sobre o quanto torneios como esse o ajudam em sua evolução como atleta de MMA, Ricardo destacou:

– É sempre bom estar ativo, disputando campeonato e eventos que não seja o MMA , toda experiência é sempre bem vinda. A cada competição é um novo aprendizado que pode ser usado dentro do cage quando for preciso.

Ricardo Rocha
Ricardo Rocha (créditos: Carol Beatriz)

Natural da cidade de Mogi Mirim, interior paulista, Ricardo já mostrou todo seu potencial como atleta de Jiu-Jitsu no cage somando duas finalizações nas artes marciais mistas. Oriundo da trocação, o “The Rock”, como também é conhecido já fez faixa-preta dar os três tapinhas no cage, porém foi cauteloso ao falar sobre a sua graduação para a faixa-roxa na arte suave:

– Isso que eu espero do meu Sensei Rogerinho (risos), mas também sei que tenho que me dedicar mais nos treinamentos com pano. Tenho uma rotina muito corrida de trabalho, como atleta, empresário, marido e agora papai. Irei me dedicar para receber a faixa-roxa ainda esse ano, porém só se eu merecer, não quero nada de graça.

Ouro na categoria do Pan Americano No Gi desse ano, e bronze no absoluto, Ricardo Rocha vem evoluindo em todas as áreas essenciais para que um bom atleta de MMA tenha sucesso. Com um cartel invicto no cenário nacional, já que a única derrota de sua carreira aconteceu fora do país, o lutador do interior paulista ainda falou sobre a importância de se manter ativo, seja no Jiu-Jitsu ou outra modalidade do mundo das lutas:

– Sim, dá bagagem de competição, de você se sentir confortável no clima de tensão e de levar tudo naturalmente como um simples trabalho – finalizou Ricardo.

Ricardo Rocha
Ricardo Rocha (créditos: Carol Beatriz)

A segunda edição do BJJ Nacional, que acontece esse ano será realizada no Ginásio Mauro Pinheiro, na capital paulista e terá combates tanto com, quanto sem kimono.