Sereia da vida real, Thaís Picchi, repete sucesso no exterior de Ritinha, de ‘A Força do Querer’, e ensina seus truques em oficinas pelo Brasil

Única instrutora brasileira formada por uma entidade internacional, Thaís, que já viajou para China, Filipinas, Tailândia, entre outros, ministra curso em Brasília no sábado, 28 de outubro: ‘Vamos manter a cena das sereias bem viva’.

O encanto pelas sereias para muitos começou desde criança com a bela e livre Ariel, de A Pequena Sereia, ou para outros com o sucesso recente da personagem Ritinha, de Ísis Valverde, em A Força do Querer. Mas para Thaís Picchi – única instrutora brasileira de curso de sereias formada por uma entidade internacional, a MermaidSwimming Instructors Associatione atleta com dois recordes estaduais de apneia – a magia do sereísmo veio pelo desejo de dançar embaixo d’água e, após quatro anos de dedicação, se tornou sua profissão a ser ensinada na ‘Oficina de Sereias’ por todo o Brasil. 

A instrutora repete o final da personagem Ritinha, da qual também ajudou na preparação de uma das cenas, no Aquário do Rioque explodiu na mídia internacional como sereia. Após viajar para China, Tailândia, Egito e Filipinas, entre outros destinos, Thaís comemora o sucesso de seu trabalho e fala da vontade em tornar os sonhos de outras possíveis sereias em realidade. 

“Sou também professora de dança e achava o movimento das sereias algo incrível. Admiro a suavidade e a expressão artística. Eu tinha esse desejo de dançar embaixo d’água, uma paixão. Por isso, no fim de 2014, planejei uma viagem para as Filipinas e lá fiz os cursos para conseguir a certificação. Tenho o sonho de contribuir para que as pessoas curtam cada vez mais se movimentar na água de maneira divertida. É uma atividade lúdica, que deixa a pessoa mais consciente de seus movimentos corporais e que nos ajuda a nos movimentar melhor. A novela nos ajudou a divulgar a cena das sereias, e este é um trabalho que vai continuar”, conta Thaís, que também é sereia convidada da Mermaid Alliance, organização internacional que preza pela conservação dos mares.

Sobre as experiências no exterior, Thaís relembra sua viagem para a China, quando além de se vestir de sereia e nadar em um tanque para os visitantes, também teve seu corpo todo pintado para a caracterização. “Eu tive a oportunidade de me apresentar na Adex (Asia DiveExposition), na China, que é um grande festival. Também estivefazendo filmagens no oceano na Tailândia e no Egito. A magia das sereias no oriente é muito grande. Na China tem uma escola com 12 profissionais, na Tailândia eles são muito bons em caudas de silicone. É realmente um sucesso no exterior”, diz Thaís, que compara: “As orientais são mais suaves na água em relação as ocidentais. Mas todos os estilos são muito bonitos.”

Oficina de Sereias no Brasil: próxima parada Brasília 

Após passagem por São Paulo, Rio de Janeiro e Fortaleza, a ‘Oficina de Sereias’, ministrada por Thaís Picchi, faz sua próxima parada em Brasília, no sábado, 28 de outubro. No programa introdutório, com aula de três horas e meia de duração, a instrutora passa uma noção básica de como usar a cauda na água, técnicas de movimentos, exercícios respiratórios para mergulho, espontaneidade debaixo d’água e, claro, todas fazem uma sessão de fotos com a cauda.

“O encanto pelas sereias é natural e acontece independente da estação do ano. Mas é claro que com a chegada do verão, e as pessoas pensando em praia, acabam nos procurando mais. As mulheres vão para a oficina com uma visão muito positiva das sereias. Algumas as enxergam como um ser livre, outras que protege a natureza, e outras que sereia significa também amor. As participantes projetam valores positivos nas sereias e isso é ótimo, porque são valores que elas também têm. Também recebo crianças que querem brincar, fantasiar, e o trabalho também é ótimo. Meu curso também está aberto para homens, e espero que eles participem cada vez mais”, resume Thaís sobre os participantes de suas oficinas. 

Conheça mais sobre Thaís Picchi

Thaís Picchi, apaixonada por água e movimento, é coach de sereias e única instrutora certificada pela IMSIA na América Latina. Criadora da marca Aqua Magia, a atleta de mergulho em apneia, com dois recordes estaduais por São Paulo e PADI Dive Master. É mestre em Psicologia, pela UnB, e professora de Dança do Ventre (padrão Khan El Khalili). Pratica e dança contato e improvisação na água e nado sincronizado. É sereia convidada da MermaidAlliance, organização internacional que preza pela conservação dos mares. Participou da preparação de cena da novela ‘A Força do Querer’, da Rede Globo, no Aquário Marinho do Rio de Janeiro.