Palestrante ensina como quitar dívidas em dozes meses e conquistar a tão sonhada liberdade financeira

Rico é ter bastante dinheiro, certo? Errado! Rico, explica o empresário, escritor, consultor e palestrante, Ben Zruel, é aquele que possui liberdade financeira, ou seja, tem tranquilidade e tempo suficientes para fazer as coisas de que mais gosta, como passear com a família, viajar e ir à academia, sem ficar escravo de uma pilha de contas para pagar, todos os meses.

Impossível, muitos diriam. E a escola das crianças, a fatura do cartão de crédito, o boleto do carro, a parcela da casa…? “É fácil”, contraria Ben, 41 anos, natural de Jerusalém, em Israel, um autodidata em finanças que conquistou a liberdade financeira aos 34, justamente colocando em prática o mesmo planejamento financeiro que detalha no livro “Eu vou te ensinar a ser rico”, que virou palestra. Na palestra ele conta, o segredo está em reprogramar a mente sobre a relação que se tem com o dinheiro: é preciso gastar menos do que ganha, não contrair dívidas, poupar dinheiro e fazer os recursos financeiros trabalharem por si só.

 

Extremamente pragmático, Ben enxerga de maneira cirúrgica a tomada de decisão, quando o assunto é o bolso. “Ou você toma atitude e muda, ou a vida vai mudar por você”, frisa. Mas nem sempre foi assim. Ele mesmo aprendeu com os próprios erros. Quando chegou ao Brasil, em 1999, caiu nas mesmas armadilhas que muitos e foi a falência por duas vezes. Foi aí que refletiu sobre como a classe trabalhadora gerencia sua vida financeira e um conjunto de quatro regras para quitar as dívidas em doze meses, que mudariam, não apenas a sua trajetória, mas também a de milhares, com quem compartilha, atualmente, em suas palestras.

 

Primeiramente, fala Ben, é preciso entender por que a maioria gasta mais do que tem. “Aprendemos com nossos pais que, para ganhar dinheiro, é preciso estudar e arrumar um bom emprego. Mas será que estas são garantias de sucesso financeiro? Certamente, não”, afirma.  Alcançar o merecido lugar ao Sol, diz Ben, está relacionado, antes de tudo, à educação financeira. “Ninguém ensina as crianças sobre isso e elas crescem com um pensamento equivocado, achando que devem ganhar, cada vez mais, para comprar mais coisas, contraindo dívidas atrás de dívidas, parcelando no cartão, até que os gastos fiquem acima do seu padrão de vida e as contas, sem pagar, rendendo juros sobre juros”, aponta Ben.

 

É preciso, diz ele, colocar em prática a “filosofia dos ricos”: gastar menos do que ganha, poupar e investir na construção de riqueza (imóveis, aplicações financeiras, mmn entre outros) para gerar renda passiva (royalties, lucros e etc). “Não está relacionado ao quanto se ganha. A pessoa pode receber R$ 30 mil, por mês e gastar tudo. A ‘filosofia do rico’ está baseada em manter os gastos abaixo dos ganhos, acumulando riqueza e reinvestindo parte dela para gerar nova renda passiva”.

 

Mas, como fazer tudo isso, quando as contas já estão estouradas, a fatura do cartão em aberto e os juros do cheque especial “comendo” boa parte do que se ganha? Basicamente, as orientações na palestra indicam um caminho corajoso, porém definitivo, para acabar com os juros bancários abusivos e não contrair empréstimo sobre empréstimo, tornando a dívida uma bola de neve. “As pessoas têm medo e ficam espantadas quando digo que, nos casos em que as dívidas e os juros abusivos começam a prejudicar a sobrevivência da família, a única decisão possível é por sobreviver. Então, ou você paga toda a dívida, ou não paga nada”, frisa.

 

O empresário logo enfatiza que não se trata de dar “calote”, mas que as regras do jogo do mercado financeiro no Brasil são desiguais e o consumidor já sai perdendo, no momento em que assina um contrato de empréstimo, não consegue pagar a fatura do cartão de crédito ou entra no cheque especial, onde incidem as maiores taxas de juros do mundo!

 

Ao longo do livro, assim como em suas palestras e consultorias, após esclarecer, de forma muito simples e sem mistérios, por que pensamos de forma tão equivocada a respeito da riqueza e instruir sobre como quitar as dívidas no prazo de doze meses, Ben, então, indica o caminho para a conquista da tão sonhada liberdade financeira e, com ela, de uma vida com menos trabalho, mais prazer e, sim, com todos aqueles objetos de desejo com que sempre sonhamos, mas no tempo certo e adquiridos sem juros exorbitantes!

Justamente nesse passo a passo estão os motivos do sucesso de seu método: ele evidencia e combate, como ninguém nunca fez antes, a causa do problema, para, somente depois, apontar soluções. E termina propondo uma reflexão: “A decisão sobre qual será o rumo da sua vida é só sua. Os sonhos existem, mas a base deles é trabalho duro, persistência e disciplina. A grande vitória é que, ao final, podemos, sim, realizá-los”.

 

Acompanhe as dicas de Ben Zruel para sair do vermelho, começar a poupar e investir para ficar rico de verdade:

 

  1. Antes de tudo, é preciso que entenda o verdadeiro conceito de riqueza. Esqueça o que seus pais disseram a você! Rico é quem conquista liberdade financeira e, para tanto, é preciso gastar menos do que ganha, poupar e reinvestir na geração de renda passiva. Assim, será construído um círculo virtuoso que aumenta sozinho, quanto mais você injeta recursos financeiros nele.

 

  1. Mas como fazer isso, se as contas estão estouradas, o cartão de crédito sem pagar e os juros do cheque especial “corroendo” boa parte do que se ganha? Simples, afirma Ben! Você terá que anotar todas as suas rendas e gastos e fazer cortes até que os custos se encaixem dentro do seu padrão de vida. Isto pode incluir, até mesmo, mudança de casa ou de escola para os filhos. Coragem! Depois, é hora de negociar com os bancos e aplicar a regra do “tudo ou nada”.

 

  1. Com as contas em dia, comece a seguir a “filosofia dos ricos”. Gaste menos do que ganha, poupe e reinvista parte da sua riqueza em fontes de renda passiva, como imóveis, aplicações financeiras e outros. Quando mais reinvestir, mais o seu dinheiro irá “trabalhar por si só”.

 

  1. Conquiste, então, sua liberdade financeira. Recebendo lucros de rendas passivas, você poderá trabalhar menos e aproveitar mais os prazeres da vida, como estar com a família, viajar e, por que não, comprar os bens com que sempre sonhos, mas, agora no momento certo, sem se endividar e ficar enforcado.

 

Fonte: Livro “Eu vou te ensinar a ser rico”, de Ben Zruel, Editora Gente, 5ª edição.

Serviços:

Palestra: Descubra como sair das suas dívidas em apenas 12 meses, e ainda construir sua liberdade financeira.

Dia: 05/02/2018

Horário: 20:30

Local: Espaço Primo Bonafini – Rua: Celebes,111 – Jardim do Mar – São Bernardo do Campo

Inscrições: (11) 4125-5044 / (11) 2772-7855

Primo Bonafini promovo noite luxuosa em São Bernardo

O renomado cabeleireiro e visagista Primo Bonafini, recebeu convidados e imprensa na noite de ontem (31/10) com um desfile de noivas inspirado em  “Alice no país das maravilhas”.

Com a coleção de vestidos de noivas desenvolvida pelo estilista Sieber, e make up e penteados produzidos por Primo, buscando inspiração em “Alice no país das maravilhas”, o desfile deixou todos os convidados impressionados.

Com vasta experiência em beleza, Primo Bonafini já realizou produções para celebridades e noivas em todo os Brasil, Europa e Estados Unidos, isso o deixa sempre antenado nas principais tendências do mundo da moda.

Ao todo, 50 casais desfrutaram em primeira mão do desfile realizado no Espaço Primo Bonafini, além dos futuros noivos, marcaram presença empresários do ramo da beleza e casamentos, tornando o evento em um grande networking. Além do desfile a noite ainda contou com apresentaçõpes especias do Ballet da academia Elisa e a Orquestra Del Chiaro, que emocionou os convidados. O agito do coquetel ficou por conta da Banda Mad Mans Clans e o DJ Lenno.

A noite luxuosa foi regada pelos drinks da Yapira e todos os convidados ganharam produtos exclusivos da Lowell.

Fotos: Celso Vick