Flávia e Marcos se apresentam nesta quinta (22) na Folks Pub em Sorocaba

Dupla sertaneja promete agitar um dos pubs mais divertidos do Brasil com sucessos sertanejos

A dupla sertaneja Flávia & Marcos, se apresenta na próxima quinta-feira (22), no Folks Pub Sertanejo em Sorocaba. Um dos pubs mais divertidos do Brasil recebe os cantores do Grande ABC que prometem um show animado, dançante e recheado de clássicos.

Flávia e Marcos já contam com quase um milhão e meio de visualizações no Youtube. A nova música de trabalho da dupla, “Não Pare”, que mistura ritmos latinos com música sertaneja é uma das grandes apostas para 2018.

“Resolvemos fazer algo diferente, e quem nos acompanha sabe das nossas influências. Sou muito eclética, gosto da musicalidade de Wanessa, Ludmilla, e também sou apaixonada pelo ritmo latino de Paulo Mac, Maluma, entre outros’, afirmou Flávia.

A letra é de Renne Fernandes, uma composição especial encomendada do jeito que os cantores queriam. Uma mistura de Pop, Sertanejo, algo que lembrasse à “Loka” de Simone e Simaria junto da pop-star Anitta. “Nossa proposta era fazer uma música feminina e dançante. Os fãs podem esperar algo muito legal da nossa parte. Me sinto muito a vontade em levar essa música aos palcos, por me identificar com a letra e a batida.” Completou, Marcos.

Clipe Oficial: “Não Pare”: https://www.youtube.com/watch?v=O_ilelcHEkg&feature=youtu.be

Serviço: Show Flávia & Marcos 

Data: 22/02/2018

Local: Folks Pub Sertanejo – Rua Duque de Caxias, 301. Sorocaba – SP

Horário: A partir de 20h

Valor: Mulher Gratis / Homem: R$20,00

Evento Oficial: https://www.facebook.com/events/1815167001826927/

Cantor lança música onde destaca o uso e abuso do “poder” em “Dono do Mundo”

Mario Ghanna não alivia para ninguém em novo vídeo

Mario Ghanna compositor, cantor e músico, natural de Sorocaba (SP) e radicado em Joinville (SC), lança nacionalmente o primeiro single de seu CD “Meio Blues, Meio Samba”, a música “Dono do mundo”.

Logo após o mais longo período de festas no Brasil, o carnaval, o país teve mais uma demonstração de descontentamento público contados através das escolas de Samba “Beija-flor de Nilópolis”, vencedora do carnaval carioca, cujo tema foi “o Brasil monstruoso “e levou para a avenida temas como a indignação popular com os gastos públicos, petróleo, roubos constates de dinheiro público, mensalão, etc. e Paraíso do Tuiuti, vice-campeã do carnaval.

Mas qual a relação da música de Mario Ghanna e os desfiles ganhadores no Rio de Janeiro? A música de Ghanna fala de um cara que está sob os efeitos de entorpecentes, mas não a cocaína, o LSD, a heroína etc., estamos falando de um entorpecente chamado “poder”. “Acreditava, no passado, que a causa da corrupção no Brasil era a impunidade. Óbvio que a impunidade é uma das causas, mas as recentes operações mostraram que, mesmo presos ou cientes de estarem sendo investigados, os corruptos continuam praticando os atos, como se viciados fossem. Algumas das drogas ilícitas trazem essa sensação de ser o dono do mundo. Usei essa metáfora para descrever esse comportamento doente de nossos políticos.”, afirma Mario.  

Muitas frases interessantes são cantadas ao longo da canção: “Se o poder é o sexo dos velhos, a verdade é que estão vivendo uma grande suruba” ou “Enquanto isso o Zé da Rima devagar na esquina tenta só ganhar algum/e no corredor do SUS, já quase sem luz, toda hora morre um”dentre outras. Enquanto bilhões de reais são desviados de cofres públicos, os sistemas básicos de segurança, saúde e outros estão na miséria.

As escolas de samba também receberam a atenção de Ghanna, que publicou em suas redes sociais junto com o lançamento do vídeo:

Parabéns Beija-flor e Tuiuti, os melhores casos de marketing dos últimos tempos. 
A Beija-flor é comandada por Anísio, famoso bicheiro que continuou comandando a comunidade da prisão nas diversas vezes que esteve preso.
O homem do Morro do Tuiuti, por sua vez, é Marcelo Boto, um dos líderes do Comando Vermelho no Rio. Sem falar que ano passado a Tuiuti atropelou quase uma dezena de foliões e matou um. 
Dois desfiles lindos, dois sambas lindos e pronto, toda opinião pública a favor. (lindos os sambas e o desfile, a propósito) 
O carnaval é o retrato do Brasil dos últimos anos, a festa da hipocrisia em que vale mais o “lacre’ que o conteúdo. 
Que tiro, hein?!”  Frase do cantor Mario Ghanna postada em sua página em rede social.

A música segue a linha que tem destacado Ghanna e que fica evidente no disco ao vivo “Meio blues, meio samba – ao vivo em Curitiba”, em fase de lançamento, uma mistura entre o blues, o funk e melodias e letras tipicamente brasileiras. O que confere um ar musical clássico e ao mesmo tempo moderno e contemporâneo às músicas.

A música faz parte do álbum “Meio Blues, Meio Samba”, com produção musical de Mario Ghanna e Michel Falcão e o vídeo é produzido por Menderson Madruga, Mario e Jamile Luz. Menderson também assina a direção dos vídeos.

Assista “Dono do Mundo” : https://goo.gl/keo38Z

Flavia e Marcos fazem show no Riacho Grande em SBC

Dupla leva os sucessos de “Beijo de amante” e “Não Pare” pela primeira vez na Bambu

 

A dupla sertaneja Flávia & Marcos, se apresenta neste sábado (17), no Bambu 2000 Bar e Restaurante que fica localizado na Estrada Caminhos do Mar, 7270 – Alto da Serra.

A dupla se conhece há três anos, quando os dois, após meses de conversas pela internet se encontraram pessoalmente. A química instantânea, além de transformá-los em um casal, também acabou criando a dupla. Em 2015 lançaram o seu primeiro disco: “Nas quatro estações”.

Flávia e Marcos já contam com quase um milhão e meio de visualizações no Youtube, sendo que a música “Beijo do Amante” produzida por Laércio da Costa conta com mais de 800 mil visualizações. A nova música de trabalho da dupla, “Não Pare” foi produzida no Paraná misturando ritmos latinos com música sertaneja.

Clipe Oficial: “Não Pare”: https://www.youtube.com/watch?v=O_ilelcHEkg&feature=youtu.be

Serviço:Show Flávia & Marcos 

Data: 17/02/2018

Local: Bambu 2000 Bar e Restaurante – Endereço: Estrada Caminhos do Mar, 7270 – Alto da Serra – SBC

Horário: A partir de 20h

Valor: Entrada VIP  

Luana Monalisa aterrissa aeronave em pleno circuito Barra Ondina em Salvador

Todos os anos aguardada no Carnaval de Salvador, a cantora e apresentadora Luana Monalisa agitou o público presente com os sucessos como ‘Que Tiro Foi Esse’, ‘KO’ e ‘Vai Malandra’, durante a passagem no circuito mais famoso e importante do Carnaval.

Com suas marcas registradas, o público sabe que sempre poderá contar com a inovação e originalidade da artista, e neste ano não foi diferente.

Luana baixou seu trio elétrico, em forma de nave especial, em pleno Circuito Barra Ondina. O projeto especial foi feito especialmente para excursionar o país e pousar a nave especial nos quatro cantos do pais. Durante o carnaval no entanto, a nave fica entre confetes, serpentinas e foliões da Bahia.

Presença constante na maior festa popular do planeta, garantiu a Luana o reconhecimento de todos os camarotes instalados em Salvador. Não é a toa que a beldade recebeu o titulo de Revelação das Micaretas.

Ao passar pelos camarotes da Band, SBT, dentre outros, Luana foi reverenciada e elogiada pelos repórteres e foliões.

Esse ano para não perder o costume Luana decidiu causar. A musa loira cantou o hit ‘Que Tiro Foi Esse’, atual sucesso de Jojo Todynho. “Cantei com minha pegada num groove muito legal e foi massa ver o público se jogando no chão, na maior alegria, fazendo a coreografia. Ficou massa”, vibrou Luana.

‘KO’ de Pabllo Vittar e ‘Vai Malandra’ de Anitta, além do novo sucesso de Luana, ‘A Fila Parou’, também fizeram parte do repertório que animaram o Carnaval de Salvador 2018.

Luana Monalisa canta desde os 8 anos de idade. Ganhou, em 2009, o Troféu Dodo e Osmar na categoria Cantora Revelação. Tem passagens pela Band no Band Folia, Record TV com o Tudo a Ver Bahia e RedeTV! nos Bastidores do Carnaval.

Crédito das Fotos: Divulgação

Luana Monalisa – Fotos: Divulgação
Luana Monalisa – Fotos: Divulgação
Luana Monalisa – Fotos: Divulgação
Luana Monalisa – Fotos: Divulgação

Hud Souza revelação da música sertaneja lança seu primeiro DVD

A mais nova revelação da música sertaneja, Hud Souza, irá lançar seu primeiro DVD no primeiro semestre de 2018. O DVD foi gravado em São Paulo no final de 2017 e irá conter 10 faixas autorais compostas pelo cantor e produzidas pelo renomado produtor Thiago Larenttes.

O cantor falou um pouco sobre o conceito do DVD e também sobre sua carreira:

“7 Mil Milhas traz toda a minha identidade, todas as faixas do DVD contam histórias que eu vivi então todo o universo do DVD é muito intenso, desde a composição das músicas até o cenário, e muitas das composições tem muita influência de country e pop internacional que são os estilos musicais que mais tenho escutado, creio que irá soar diferente da música que temos no mercado atualmente, mas esse sou eu, e sempre vai ser assim. Hoje sinto que vivo o melhor momento da minha carreira, e agradeço sempre esse carinho de todas as fãs, me lembro que a 2 anos atrás eu estava apenas começando e buscando meu espaço, e hoje recebo mais de 1000 mensagens por dia, é algo que agradeço sempre.”

Hud Souza também planeja uma turnê de lançamento do DVD por todo o Brasil e em breve serão divulgadas as primeiras datas.

Crédito das Fotos: Grazy Barreto / MM Estratégia de Imagem

Luquinhas: nova sensação do funk lança clipe e critica erotização da música

Luquinhas de apenas 18 anos de idade é a nova revelação do funk, cantor desde a infância, lançou no recentemente o clipe de “Tá louca garota“, música baseada em uma situação vivenciada por ele.

Dirigido pela equipe consagrada do Kondzilla, o jovem funkeiro Luquinhas fala do exagero das letras do funk que abusam de assuntos relacionados à sexo e violência.

No ano passado, MC G15 lançou a música “Deu onda”, considerada hit do verão, mesmo tendo no refrão a frase “meu pau te ama”, que caiu no gosto popular, transformando o funkeiro em personalidade instantânea. Duas das músicas mais executadas nos bailes funk e na internet tem frases de cunho sexual e que desprestigiam a mulher: MC LB lançou uma música que tem na letra a seguinte frase “chama sua amiga de nojenta, logo você que chupa onde ela senta” e MC Don Juan e Gudan que emplacaram nas paradas a música que diz “e aí boca de pelo, tu tá beijando a mina que mamou o bonde inteiro”.

Recentemente, a música “Surubinha de leve” de MC Diguinho, ganhou enorme espaço na mídia, na letra os versos “taca bebida, depois taca a pica e abandona na rua” gerou protestos nas redes sociais por fazer apologia ao estupro e após denúncias foi retirada da plataforma de músicas Spotify, que ainda enviou um comunicado oficial à imprensa.

Iniciando uma carreira profissional no mercado da música, o funkeiro Luquinhas fala sobre o assunto em entrevista:

O que você acha das letras do “Funk proibidão” que fazem apologia ao crime, sexo, violência?

“São letras com temas difundidos, de certa forma tratam da realidade de muitos no Brasil, porém, dar ênfase a criminalidade e atos ilegais não considero correto. Claro que não julgo quem canta esse gênero de Funk, afinal todos nós temos nosso público. Mas no meu ponto de vista não acho legal, por exemplo, uma pré-adolescente de 12 anos cantando e dançando um funk desse gênero.”

 

Por que você acha que esse tipo de música tem tanta popularidade?

‘Infelizmente reflete a realidade no Brasil hoje em dia e refere também ao que acontece muitas vezes nas festas em que os jovens frequentam e diante deste cenário acabam criando letras para expor essas situações que muitas das vezes são apelativas. Gosto de outro estilo de funk, sem apelações e abusos e que possam mostrar um lado positivo dos jovens que possam se identificar com a música.”

 

O que você acha do Projeto de lei de criminalização do funk?

‘Desnecessário! Estão usando o Funk como bode expiatório para um problema que é bem maior. Existem outros gêneros de Funk além dos que fazem apologia a violência, sexo e crime. O funk consciente por exemplo, é desconhecido pela maioria do público, porém, é um estilo que conta a realidade dentro das periferias e até mesmo na política do nosso país, portanto, o público prefere se render a letras apelativas e o consciente acaba passando batido, não só o consciente, mas o Pop, que é um estilo mais dançante no caso.”

 

Você já pensou em cantar esse tipo de funk?

“Já tive oportunidades de cantar esse estilo de funk, porém não me rendi e nem me identifiquei com o estilo. Você prefere chegar em um show para se apresentar e ter várias pessoas usando droga, bebendo e cometendo atos ilegais ou chegar em um show e ter vários fãs que estejam a fim de passar bons momentos e curtir um show bacana? Esta foi a pergunta que faço para quem me questiona por que não escolhi cantar esse tipo de Funk. Eu prefiro o público que trabalho atualmente, são fãs que não estão ali apenas para a bagunça, mas sim para curtir o meu som e aproveitar a noite.”

 

O que você busca passar com as letras de suas músicas?

“Procuro escrever letras animadas que contam a realidade dos jovens hoje em dia. Sempre de uma forma positiva e bem-humorada. Minha música de trabalho, “Tá Louca Garota” conta a história de uma menina que ficou comigo e se apaixonou, mas eu procurava apenas curtir a vida sem se apegar a ninguém, que é o que acontece muitas vezes com os jovens da nossa geração e eles se identificam com isso.’

 

O clipe de “Tá louca garota” foi gravado com dezenas de jovens em uma lanchonete estilo anos 50 em São Paulo. Confira:

https://www.youtube.com/watch?v=CHO3Qa1Dw5k

Foto: Reprodução/Internet

Ithalo e Vinicius lançam “Troca Fita” nova música de trabalho

Dupla rio-pretense aposta na mistura do sertanejo romântico e toques latinos

Depois do sucesso da dupla na Festa de Peão de Barretos no último ano, Ithalo e Vinicius lançam no próximo dia 19/01, “Troca Fita” novo hit da dupla. Com uma mistura do sertanejo romântico e da música latina, a dupla aposta em uma canção leve e dançante. E no quesito emplacar sucessos, a dupla natural de São José do Rio Preto, entende bem.

Hoje a dupla prepara o lançamento do DVD gravado em Barretos, e no set list os sucessos “Transborda”“Bem Top Model” e “Eu escolho a cachaça“. Ithalo e Vinicius é um sucesso por onde passa, humildes e de personalidade musical forte, as vozes da dupla tem como diferencial o timbre agudo e a afinação. Para os jovens do interior o reconhecimento de um verdadeiro artista vem com a valorização de suas raízes. “Um artista de verdade só será um grande artista, quando nunca esquecer suas origens“, afirma Vinicius.

Com três anos de estrada, a dupla mostra que o trabalho no interior do estado de São Paulo reflete agora na capital. A agenda de shows vem crescendo e expandindo. “Antes de sair na estrada, fizemos a lição de casa, tocamos em nossa região, investimos e hoje saimos para outras cidades e estados. Natural que queremos chegar as grandes capitais, mas sabemos que todo trabalho requer tempo e investimento.” afirma Vinicius.

Natural de Pernambuco, mas morando em Rio Preto desde a infância, Ithalo conheceu Vinicius numa festa de aniversário de um amigo em comum. Ele estava tocando viola e violão na festa, quando o futuro parceiro de dupla pediu para participar da roda. A dupla é um sucesso por onde passa, humildes e de personalidade musical forte, as vozes de Ithalo e Vinicius tem como diferencial o timbre agudo e a afinação. Para a dupla o reconhecimento de um verdadeiro artista vem com a valorização de suas raízes.

Já tive a oportunidade de acompanhar os ensaios de Zé Neto e Cristiano quando eles moravam em Rio Preto. Vi de perto o crescimento deles. Com certeza, eles abriram as portas desse mercado para outros artistas da região”, elogia Vinicius.

A nova música de trabalho da dupla estará disponível em todas as plataformas digitais e agenda de divulgação da dupla em São Paulo acontecerá no mês de fevereiro de 2018.

Asssista ao clipe “Troca fita”: https://www.youtube.com/watch?v=nez4mBUNKhQ&feature=youtu.be

www.ithaloevinicius.com.br

Cantor Edson Mansur participa de programa na rádio Mundial FM

Na manhã dessa segunda-feira, 29, o cantor Edson Mansur – autor de “A Cura” e interprete de grandes sucessos da música brasileira – participou do programa “Personal SPA” na rádio Mundial FM 95.7 / AM 660 de São Paulo.

Na ocasião Mansur conversou com Thiago Cestonari, apresentador do programa, sobre sua carreira, trajetória de vida, cuidados pessoais e, claro, apresentou canções aos ouvintes do programa.

Recentemente Mansur apresentou mais uma canção de seu repertório. O sucesso da dupla Victor & Léo – Vida Boa foi regravado pelo paulistano e postado no YouTube.

Confira: