Mobiliário da The Industrial Design conquista público e personalidades no Fashion Meeting

Empresa apostou em peças exclusivas fabricadas com materiais como ferro, madeira de demolição, couro, mármore e cimento queimado

 

Entre os dias 4 e 6 de outubro aconteceu em São Paulo, no Museu da Imagem e do Som (MIS), a 8ª Edição do Fashion Meeting, evento que reuniu renomados profissionais do mundo da moda, como os estilistas Amir Slama, Jaqueline De Biase, Vitor Zerbinato, Helena Caio, Fernando Pires e Glória Coelho; a modelo Renata Kuerten; as apresentadoras Ana Hickmann, Luciana Gimenes e Mari Baxur, entre outros.

O foco no evento foi a Sustentabilidade na moda e na cultura, com seus desafios e iniciativas. Desta forma, a decoração e ambientação dos espaços foram pensados para agregar consciência e respeito ao meio ambiente, preceitos que coincidem com a essência da The Industrial Design, marca de móveis industriais desenvolvidos pelo artista Renatto Alves. A empresa foi a responsável por dar vida e valorizar as áreas do evento, como Recepção, Sala Vip e Lounge de Desfiles. Pensando numa decoração rústica, prática e elegante, a marca conquistou o público com peças exclusivas fabricadas com materiais básicos, como ferro, madeira de demolição, couro, mármore e cimento queimado.

“Fizemos mais de 40 criações com destaque para aparadores, araras, bancos, poltronas, biombos, prateleiras, banquetas e mesas de centro, todos com características marcantes e irreverentes, que combinam perfeitamente com os mais variados estilos”, explica Renatto Alves, artista e proprietário da The Industrial Design.

“Foi uma honra participar de um evento dessa grandeza, com nomes tão relevantes e ver minha marca ganhar destaque como algo moderno e inovador. Poder apresentar meu trabalho para pessoas tão renomadas foi uma honra e o mais gratificante foi conquistar o reconhecimento pelo trabalho e esforço”, conclui o artista.

Sobre o The Industrial Design

Há 20 anos no segmento de fabricação de produtos de ferro, Renatto Alves é um artista nato. Aprendeu a desenvolver peças de vários segmentos em ferro desde adolescente com o pai. Aos 19 anos abriu a própria serralheria e se apaixonou pela indústria.

Como artesão, enxergou uma oportunidade de trabalhar unindo o ferro que já era sua especialidade com a com madeira de demolição e passou a criar peças incialmente apenas por hobby. Desde então, o artista começou a fazer peças diferentes e exclusivas para cada cliente. Com o objetivo de ressaltar a beleza natural de cada peça, ele criou uma técnica única de oxidação neutralizada.

Mais informações: www.theind.com.br.